Cassino jogo 3d slots vencedores 2024

  1. Como Funciona Cassino: Leia nosso artigo completo para descobrir tudo o que você precisa saber sobre jogos de azar online legais em Wisconsin
  2. Blaze Casino Melhores Jogos - Ele também recebe elogios de mim por não exigir um código de bônus Roxy Palace para aproveitar qualquer uma dessas promoções
  3. Playojo Casino App Pt: Com tanta experiência em cena e mais de 6000 funcionários, não é de admirar que Grosvenor tenha se tornado um nome bem mencionado na cena do jogo online

Como ganhar na o melhor roleta português do

Slotastic Casino App Pt
Mas quando se trata do cassino online, seus benefícios só diferem quando se trata de retirar ganhos
Thunderstruck 2 Casino Online Portugal
Muitos cassinos questionáveis publicariam em sua seção bancária que oferecem saques instantâneos, mas estaria cheio de desculpas quando chegar a hora real do pagamento
Depois de olhar ao redor por um tempo, eles decidiram que usariam as máquinas caça-níqueis

Roleta de 1 a 60

Energy Casino Codigo Promocional Rodadas Grátis
Antes de começar a jogar com dinheiro real, a equipe QYTO recomenda testar um jogo via modo de demonstração gratuitamente
Lilibet Casino Online Brasil
Sim, O PlayCroco é o site de apostas perfeito em seu desktop com nosso software de download exclusivo e completo, ou o cassino de jogo instantâneo fácil que dá o efeito de jogos com crupiê ao vivo
Como Jogar Na Roleta Europeia

19.2 C
Vreia de Jales, PT
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Barrela de Jales | Companhia de Teatro Filandorra

17 julho | 21h30

 

A Companhia de Teatro Filandorra irá apresentar, a divertida comédia “Histórias da Vermelhinha” de Bento da Cruz, uma adaptação dos contos “proibidos” da tradição oral das terras do Barroso que Bento da Cruz reproduziu na obra com o mesmo nome.

Esta peça realça a riqueza do mundo rural do tempo dos nossos avós e as suas tradições recuperando o encanto dos contos populares do tempo “de menino e moço” do escritor que alegravam as noites de inverno à lareira e alimentavam a “coscuvilhice”. 

Vreia de Jales | Orfeão Terras de Aguiar

18 julho | 21h30

 

O Orfeão Terras de Aguiar é um coro amador constituído por pessoas de várias localidades do concelho de Vila Pouca de Aguiar.

Foi fundado no ano de 2007 e a sua legalização formalizada por escritura pública e 7 de Fevereiro de 2008, Propõe-se contribuir para o desenvolvimento cultural dos seus elementos, que provêm de diversos setores de atividade, e da população aguiarense.

Cultiva todas as formas de música coral polifonica, incluído no seu repertório a música popular portuguesa e a música polifonica, clássica e /ou contemporânea.

Fez a sua apresentação pública na cerimónia de abertura do ano letivo em Setembro de 2007 no cine teatro de Vila Pouca de Aguiar.

As suas atuacões tem-se traduzido na participação em sessões solenes de atos culturais relevantes, dentro e fora do concelho.

A primeira saída do concelho em Abril de 2008 foi a sua participação em Cinfães do Douro no “Abril Cultural, uma organização do Coral Etnográfico de Cinfães”, Foi sua iniciativa a organização e participação nos Encontros de Coros de Música de Natal que já fez a sua 8ª edição, e os “Concertos da Primavera” realizados em Abril/Maio, com a participação de corais consagrados. Destacamos o Coral Polifónico de Pedroso /Gaia. O Coral do Ateneu Desportivo e Cultural de Leiria, o Coral da Cidade de Vila Real, o já referido Coral etnográfico de Cinfães, Coro Amigos da Música da Assoc.Cultural Amicita de Espinho e a Escola de Música Osnabruk de Valpaços.

Em Novembro 2010, participou em Pedroso/V.N de Gaia, no Encontro Ibérico de Musica de Coral juntamente com mais 5 corais portugueses e espanhóis,

Em Janeiro de 2012 realizou, através da Rádio Clube Aguiarense, um concerto para as comunidades Aguiarenses disseminadas pelo mundo.

No concelho tem realizado vários Concertos quer de Natal, quer outros de carácter cultural.

No ano 2017 realizou pela 1.ª vez a apresentação do Musical da Paixão de Cristo e Oratória nos Arcos de Valdevez e repetidamente noutras localidades.

Realizou e apresentou também pela 1ª vez o auto da Paixão na igreja Paroquial em Vila Pouca de Aguiar.

Colaborou no ano 2018 na Via Sacra em Vila Real em conjunto com o grupo de teatro a Filandorra.

Colaborou no ano 2019 na representação do Auto da Paixão na sede do concelho de Vila Pouca de Aguiar em colaboração com a comunidade aguiarense.

Tem realizado variados concertos, especial colaboração na missa para os idosos.

Relativamente ao traje usual sobressaio preto e verde evocando as cores do nosso Município.

Retomou a sua atividade em Janeiro 2022.

Atualmente é constituído por 35 elementos e dirigido pelo Professor Marco Aurélio.

Cerdeira de Jales | Aguavelames – Grupo de Fados

19 julho | 21h30

 

Grupo de Fados Aguavelames começou com uma brincadeira dentro da Associação Aguavelames, numa das atuações do Grupo de Cantares.

Como um dos elementos gosta de cantar fado, e outros tocavam viola, daí, foi apenas um passo para se iniciar a formação de um grupo.

A  Associação adquiriu uma guitarra portuguesa e a partir desse momento, o fado passou a ser levado mais a sério mas, sem qualquer profissionalismo,  sim por carolice.

Neste momento, o elenco é composto por 2 guitarras, 3 violas e um fadista.

As atuações que levamos a efeito, têm sido bastantes mas dentro do nosso Distrito.

Quintã de Jales | Acrepes – Grupo de Cantares

20 julho | 21h30

 

A Acrepes (Associação, Cultural, Recreativa, Estudantil de Pedras Salgadas),foi fundada a 17 de Maio de 1993. Além do grupo de cantares conta também com um Grupo Folclórico, composto por 43 elementos e o Grupo de Cantares Regionais e populares 25 elementos.

 Ao longo destes 29 anos já foi distinguido com vários prémios, entre eles em 2005, como o melhor Grupo Folclórico e de Cantares em animação para o turismo sénior, pelo Inatel.

Organiza anualmente encontro de Cantadores de Reis/Janeiras, Desfile de marchas de S. João, Festival de Folclore, além de animar festas e romarias. 

O objetivo da Acrepes, continua a ser a divulgação das nossas tradições.

Campo de Jales | Sunset no Parque com DJ Mindo Costa

21 julho | 18h

 

Nascido a 17 de Outubro de 1992, transmontano com muito orgulho, viveu toda a sua vida na Vila de Pedras Salgadas, de nome artístico DJ Mindo Costa começou a sua carreira aos 17 anos.

Sem género musical certo, este DJ tem um estilo diferenciado e inovador, oferece ao seu público dança e divertimento, onde se vê sorrisos de todas as idades, misturando gerações.

Desde os pequenos palcos aos grandes palcos, já partilhou palco com centenas de artistas nacionais, bem como diversos artistas internacionais. Sempre a melhorar a sua performance, nunca deixa ninguém indiferente à sua mùsica.

 

Raiz do Monte | Academia Dança D’ Aguiar 

22 julho | 21h30

 

 Academia Dança D’Aguiar é a escola de dança de Vila Pouca de Aguiar, aberta há 9 anos com as modalidades de Ballet, Hip Hop e Modern’ Jazz que irão ser apresentadas neste festival.